27/09/2021 (13) 99113-7546

Cultura - Música - TV

natura

Dia da Mulher Negra

Por Dulcineia Vitor 26/07/2021 às 16:44:02

Para celebrar o Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha, comemorado no dia 25 de julho, foi realizada a Feira Afro Experimental Alzira Rufino, dia 24/07, das 10h às 18h, na Casa da Frontaria Azulejada (Rua do Comércio, 96 – Centro). O evento foi marcado por referências culturais e uma série de apresentações artísticas.

A feira contou com a exposição de artesanatos e serviços de profissionais liberais, recanto literário e cultural, recanto cigano com Cartomancia (técnica que utiliza as cartas de um baralho para fazer adivinhações), recanto Afro com Búzios (jogo ligado a religiões tradicionais africanas, que utiliza conchas) e gastronomia.

"É importante buscar a realização de eventos sobre o afroempreendedorismo nessa data, já que a grande maioria do ramo é composta por mulheres negras, muitas vezes arrimos de família, que buscam no empreendedorismo uma forma de subsistência", explica o coordenador de Igualdade Racial e Étnica, Ivo Evangelista.

A feira é realizada pelo Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra e de Promoção da Igualdade Racial (CMPDCNPIR), com apoio da Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Seectur).


Nascida em Santos e graduada em Enfermagem, Alzira dos Santos Rufino é uma ativista na luta pela igualdade racial. Rufino atuou no Movimento Negro, batalhando incansavelmente pelos Direitos da Mulher, sobretudo da mulher negra. Ela também é precursora do Coletivo de Mulheres Negras da Baixada Santista e do afroempreendedorismo na Cidade. Além disso, também fundou a Casa de Cultura da Mulher Negra em Santos e foi a primeira escritora negra a ter seu depoimento registrado pelo Museu de Literatura Mário de Andrade, de São Paulo.

Fonte: PMS

Comunicar erro
Comentários